Variante colombiana

Prefeito Emanuel Pinheiro diz que dois integrantes do Equador e da Colômbia foram monitorados durante a Copa América

Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) criticou o Governo de Mato Grosso por não informar oficialmente a administração da Capital sobre o diagnóstico da variante colombiana do novo coronavírus. 

Nesta segunda-feira (12), ele disse que soube de casos em Cuiabá por meio da imprensa e chamou de “tragédia anunciada”.  

“Infelizmente, a notícia veiculada por um grande veículo de comunicação acaba sendo a confirmação de uma tragédia anunciada. Quando me coloquei contrário ao evento [Copa América], muitos me criticaram e tentaram politizar minhas ponderações”, afirmou. 

Segundo o prefeito, a origem dos casos em Cuiabá pode ser dois integrantes das delegações da Colômbia e do Equador, identificados com vírus B.1.2.16, monitorados durante os dias de presença das seleções em Cuiabá para a Copa América.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorImagens | Cubanos vão às ruas contra a ditadura comunista
Próximo artigoVárzea Grande: Justiça manda vacinar presos e servidores antes do público geral