UPL lançará rede focada no crescimento sustentável durante Congresso do Algodão

A empresa indiana agroquímicos está entre as cinco maiores do mundo e participa do evento pela 3ª vez

Foto: Assessoria

Pela terceira vez consecutiva, a UPL, empresa indiana presente em mais de 130 países, estará presente no Congresso Brasileiro do Algodão (CBA), evento que reúne toda a cadeia produtiva da fibra e que, na décima segunda edição, será realizado entre os dias 27 e 29 de agosto, em Goiânia (GO).

Este ano, a participação no 12ºCBA tem um apelo ainda maior para a UPL, pois coincide com a conclusão do processo de aquisição da Arysta LifeScience, o que posiciona a companhia de químicos agrícolas entre as cinco maiores do mundo, além da apresentação do seu novo propósito, o OpenAg, uma rede agrícola aberta para alimentar o crescimento sustentável para todos.

O Congresso Brasileiro do Algodão é realizado pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), com apoio financeiro do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) e científico da Embrapa. Este ano, os organizadores esperam a presença de aproximadamente 1,8 mil pessoas na ocasião.

Foco na fibra

O algodão ganhou ainda mais destaque na atual configuração da UPL, que incrementou seu portfólio para a cultura com produtos biológicos, fungicidas, inseticidas e herbicidas, uma nova linha de produtos que abrange desde o estabelecimento até a finalização do cultivo.

No 12º CBA, a UPL lançará o herbicida “Trunfo” que, de acordo com a companhia, é o produto mais concentrado da categoria, à base de glufosinato de amônio, a 280g por litro. Segundo o Gerente de Marketing & Mercado da UPL, Rafael Borba, o produto permite a redução da quantidade de embalagens enviadas ao campo e facilita as operações, catalisando a produtividade e dando mais sustentabilidade às lavouras.

“O congresso é o melhor fórum para anunciar as novas soluções que temos para a cotonicultura. Estamos em um novo momento como empresa, com muita energia e maior poder de entrega para os nossos clientes”, enfatiza Borba.

O alto índice de renovação de patrocínios para o Congresso Brasileiro do Algodão é, na opinião do presidente da Abrapa, Milton Garbugio, uma prova da maturidade e da importância do CBA. “As maiores empresas de soluções agrícolas fazem questão de estar presentes, como é o caso da UPL, que deu um salto muito importante no ranking em sua categoria. Nos esforçamos muito na organização e na escolha dos conteúdos do nosso evento para torná-lo cada vez melhor, e o mercado reconhece esse trabalho”, conclui Garbugio.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSeis pessoas são presas em blitz por embriaguez ou porte de drogas
Próximo artigoPT quer “reparação”