Tráfego de veículos na BR-163 não deve aumentar mais do que 7%

Fluxo de veículos leves no decorrer do dia deve aumentar 7% e 4% no feriado

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O tráfego de veículos leves na BR-163 deve permanecer o mesmo, apesar do feriado do Dia do Trabalhador, comemorado nesta quarta-feira (1º).  A estimativa da Concessionária Rota do Oeste, aponta alta no movimento de carros desta terça-feira (30) para amanhã, variando de 4% a 7%.

Até o final da semana, o tráfego esperado não representa mudanças significativas. A alta no tráfego de veículos leves no decorrer do dia deve chegar a 7%, com a saída de motoristas para o feriado. Já nesta quarta, o aumento previsto é de 4%. O gerente de Operações, Wilson Ferreira, destaca que mesmo sem um crescimento na movimentação de veículos, os condutores devem redobrar a atenção na rodovia.

“O cuidado com a revisão do veículo é fundamental para chegar ao destino sem imprevistos. Além disso, como em todo feriado reforçamos o alerta quanto ao consumo de bebidas alcoólicas, respeito aos limites de velocidade e, principalmente, o uso do cinto de segurança de todos os passageiros do veículo”, disse Ferreira.

É importante ressaltar que no feriado do Dia do Trabalhador não haverá restrição no tráfego de veículos pesados por parte da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O fluxo de caminhões e carretas na rodovia será mantido normalmente.

Para contribuir com a fluidez de veículos na rodovia, a Rota do Oeste suspenderá as obras de conservação, manutenção e recuperação programadas para este feriado. As atividades serão retomadas na quinta-feira (2), no período matutino. O usuário que quiser consultar as condições de tráfego na rodovia pode ligar para o 0800 065 0163. O número também deve ser utilizado para acionamento da concessionária.

*Com assessoria

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDefesa de Selma aponta contradições em julgamento e entra com recurso no TRE
Próximo artigoMedeiros em 2º

O LIVRE ADS