Tiê e Orquestra CirandaMundo apresentam especial de Natal neste sábado, em Cuiabá

Concerto também conta com a participação especial da cantora Lorena Ly e do Coro Primeira Ciranda

O Especial de Natal da Orquestra Sinfônica CirandaMundo já pode ser considerado uma tradição musical em Mato Grosso. Em sua quarta edição, sempre no mês de dezembro, a Orquestra realiza um concerto característico com convidados ou convidadas de grande representatividade nacional da música popular brasileira. Em 2018, ano em que o Instituto Ciranda completa 15 anos de atividades, a CirandaMundo apresenta um concerto inédito que traz como convidada especial a cantora e compositora Tiê.

A apresentação única será realizada no dia 15 de dezembro, às 20h, no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros e a entrada é um brinquedo em bom estado ou 2kg de alimento.

(Foto: Fábio Motta)

“Nosso Especial de Natal está virando tradição, realmente! Desta vez será com a talentosa Tiê, cantando seus maiores sucessos, além da presença mais que especial da querida Lorena Ly e do Coro Primeira Ciranda. Será uma apresentação de gala, muito aguardada por todos nós do Ciranda”, comemora Murilo Alves, maestro e presidente do Instituto.

No repertório, canções como “Torrada e Café”, “Amuleto” e “A Noite”, que marcaram a carreira da cantora, que tem quatro álbuns de estúdio, foram totalmente rearranjadas para orquestra e o resultado poderá ser conferido na noite deste sábado.

(Foto: Protásio de Morais)

“Ao longo do ano a Orquestra CirandaMundo desenvolveu uma temporada muito consistente, com repertório tradicional, repleto de obras fundamentais de muita representatividade dentro do vasto campo da música de concerto. Para os jovens instrumentistas é essencial que estejam conectados a esse repertório. No caso do Especial de Natal é um pouco diferente, porém, tão importante quanto. Sempre trazemos um artista de música popular, com obra consistente. Já participaram Ivan Lins, em duas edições, e Lorena Ly, ano passado. A Orquestra está se adaptando ao repertório autoral da Tiê, o que traz uma reflexão mais leve e jovem, o que também é extremamente importante porque somos uma orquestra bem jovem”, conclui Murilo Alves.

Em 2018 o Instituto Ciranda passou a atender mais de 1500 jovens estudantes de música em importantes regiões de Mato Grosso. Desde sua criação, em fevereiro de 2003, a instituição vem, ano após ano, transformando vidas ao tempo em que forma novas plateias, novos instrumentistas, professores e cidadãos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFávaro entra na Justiça Eleitoral para barrar diplomação de Selma como senadora
Próximo artigoPolícia encontra mulher que atropelou pedestre e o abandonou em rodovia