Suspeito de matar adolescente em Sorriso é preso no Tocantins

A prisão contou com apoio da PM de Gurupi (TO). Suspeito foi preso em um ônibus que estava a caminho do Nordeste

(Foto: Divulgação)

O suspeito do feminicídio da adolescente Andressa dos Santos Silva, 16 anos, encontrada morta no último final de semana, em Sorriso, foi preso nesta quarta-feira (27), na cidade de Gurupi, no Tocantins.

Ele foi detido em uma ação conjunta da Polícia Civil de Mato Grosso e a Polícia Militar da cidade tocantinense, quando foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva deferido pela 2a Vara Criminal de Sorriso, município a 397 km de Cuiabá.

O suspeito do crime foi preso em um ônibus que teria saído da região de Sorriso com destino ao Nordeste do País. A localização do investigado pelo feminicídio foi possível graças a diversas diligências e ações de inteligência realizadas pela equipe da Delegacia de Sorriso.

Após ser preso, ele foi encaminhado à Delegacia de Gurupi, para a formalização da prisão e futuramente será recambiado para Mato Grosso.

De acordo com o delegado José Getúlio Daniel, outras diligências estão sendo efetuadas para identificar possíveis coautores do crime e a motivação do feminicídio.

O corpo de Andressa foi localizado na manhã do domingo, 24 de outubro, em um matagal no bairro Morada do Bosque, em Sorriso. Conforme constatado pela perícia técnica, o corpo apresentava várias perfurações provocadas por arma branca.

No sábado, a mãe da adolescente procurou a Polícia Civil e registrou um boletim de ocorrência informando o desaparecimento da garota. Ela disse que a filha saiu de casa por volta das 21h da sexta-feira, dizendo que logo retornaria, e não levou o celular.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPT gastou meio milhão de reais com viagens de jatinho para o Nordeste
Próximo artigoPF deflagra operação ‘Cupincha’ contra desvios de dinheiro da Saúde Pública em Cuiabá