Socorro na pandemia: turismo foi o setor que menos recebeu dinheiro da União

Dos R$ 5 bilhões anunciados pelo governo federal, apenas pouco mais de 15% foram, efetivamente, aplicados

Imagem: Reprodução

Um dos setores mais prejudicados pela quarentena necessária para conter o avanço da pandemia de covid-19, o Turismo foi também o que menos recebeu incentivo do governo federal.

Segundo dados da Câmara dos Deputados, embora tenha sido anunciado R$ 5 bilhões para socorrer o setor, apenas R$ 752,4 milhões foram pagos (15,05%) até 20 de outubro.

Do “orçamento de guerra”, aprovado pelo Congresso para enfrentar os efeitos econômicos da covid-19, o governo federal já gastou 77,7%, o equivalente a R$ 456,84 bilhões.

Os dados foram divulgados nesta semana pela Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira (Conof) da Câmara dos Deputados.

O maior volume liberado foi para o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 aos trabalhadores informais. Dos R$ 254,24 bilhões previstos, R$ 223,82 bilhões (88%) chegaram às mãos da população.

Das duas ações específicas de apoio a empresas de micro, pequeno e médio porte, o governo federal investiu todo o valor previsto do Pronampe – R$ 47,9 bilhões – e metade dos R$ 10 bilhões do Peac-Maquininhas – uma modalidade de crédito garantido por vendas com máquinas de pagamento digital.

No caso do Programa de Manutenção do Emprego e da Renda foram consumidos cerca de 52% dos R$ 51,54 bilhões previstos.

E o financiamento da folha salarial de pequenas e médias empresas, de acordo com a Conof, teve a totalidade dos recursos liberados: R$ 17 bilhões.

O financiamento da folha de pagamentos estava previsto na Medida Provisória 943/2020, que autorizava um repasse total de R$ 34 bilhões. A MP, contudo, perdeu a validade no dia 31 de julho, sem que tenha sido votada pelo Congresso Nacional. Com isso, o dinheiro que não foi gasto até a caducidade da medida provisória é considerado bloqueado

(Com informações da Agência Senado)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTrincheira do Tijucal será interditada para restauração
Próximo artigoNa política, mas não na eleição: por que elas preferem “os bastidores”?