Renúncia de R$ 5 bilhões

Orçamento de Cuiabá é menor que o volume abdicado pelo Estado

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

Cerca de R$ 5,3 bilhões não serão recolhidos pelo governo de Mato Grosso em 2022 por causa das políticas de incentivo ou renúncias fiscais. A estimativa está no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentária (PLDO) em trâmite na Assembleia Legislativa. 

O volume abdicado pelo governo em forma de benefício ao empresários é maior que o orçamento da capital mato-grossense, município com a arrecadação mais alta no Estado.

Conforme a LDO do próximo ano, sancionada recentemente pelos vereadores de Cuiabá, a estimativa de gastos é R$ 4,032 bilhões. Um bilhão a menos que o valor renunciado pelo Estado por conta dos incentivos.

LEIAM TAMBÉM:

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia Civil deflagra operação de combate ao tráfico doméstico de drogas
Próximo artigoA história do policial assassinado pela ex-esposa por interesse financeiro