Rede Cineclubista exibe 36 filmes mato-grossenses em oito cidades do Estado

Serão 25 sessões gratuitas, seguidas de debates entre público, realizadores e coordenadores de ações cineclubistas, entre terça-feira (7) e sábado (11)

Tati Mendes (ao centro) ao lado de Amauri Tangará, realizadores pioneiros em Mato Grosso

Até sábado (11), 36 filmes realizados em Mato Grosso circulam por diferentes cidades e espaços culturais do Estado durante a Semana REC-MT de Audiovisual Mato-Grossense, projeto realizado pela Rede Cineclubista de Mato Grosso (REC-MT). Serão 25 sessões seguidas de debates entre público, realizadores audiovisuais e coordenadores das ações cineclubistas em oito cidades.

Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Chapada dos Guimarães, Cáceres, Barra do Garças, Pontes e Lacerda e Sinop são os municípios contemplados pela edição do projeto, que também levará uma exibição para a Serra de São Vicente. A semana conta ainda com lançamento online do último episódio da websérie “D’LÁ”, no canal do YouTube do Coletivo Artístico Gay de Mato Grosso (CAGAY-MT).

Integram a Semana REC-MT de Audiovisual Mato-Grossense 14 iniciativas cineclubistas. Também aderiram ao projeto coletivos audiovisuais, universidades, escolas e equipamentos culturais do Estados que irão receber as sessões. Para que os filmes pudessem circular, os realizadores cederam os direitos de exibição de seus filmes em atividades promovidas pela Rede.

Programação

O projeto estreia nesta terça-feira (7), em Cuiabá, em sessões às 9h, 15h e 19h30, com presenças dos cineastas Amauri Tangará e Tati Mendes, no Cine Teatro; já a Escola Estadual Presidente Médici recebe Ana de Mello e João Pedro Regis, às 9h30 e 15h30; o Campus Várzea Grande do IFMT conta com Luiz Marchetti e Caio Augusto, às 9h30 e 15h30; e o Instituto de Linguagens/FCA da UFMT terá sessão às 17h, com Marithê Azevedo.

Todas as exibições são gratuitas, exceto a sessão Encontros com Cinema, no Cine Teatro Cuiabá; nesta, o ingresso sai a preço simbólico de R$ 4 e R$ 2 (meia). A programação completa dos filmes, com horário, local e classificação indicativa também podem ser acompanhadas no Cineclube Coxiponés da UFMT pelo Facebook e nas redes sociais de outros membros da REC-MT.

Rede Cineclubista de Mato Grosso

Constituída na Mostra de Audiovisual Universitário e Independente da América Latina (MAUAL) de 2018, a Rede Cineclubista de Mato Grosso (REC-MT) congrega ativistas e instituições culturais de diferentes localidades de Mato Grosso que investem em atividades de difusão, debate/reflexão, pesquisa e realização audiovisual. As ações são independentes de vinculações a patrocínios, editais ou demais mecanismos de fomento.

“Na reunião que resultou na criação da REC-MT, na MAUAL 2018, a maioria dos presentes explicitou o desejo em ter acesso e fazer circular filmes realizados em Mato Grosso. Então o Cineclube Coxiponés propôs, como primeira ação de integração dos membros da Rede, a Semana de Audiovisual Mato-Grossense. Agora, a ideia é que ao longo do ano outras ações sejam propostas e realizadas de forma integrada por outros membros da REC-MT”, ressalta Diego Baraldi, supervisor do Cineclube Coxiponés da UFMT.

Integram a Semana REC-MT de Audiovisual Mato-Grossense as seguintes iniciativas:

Cineclube Coxiponés da UFMT
Cineclube Roncador
Núcleo de Produção Digital do Campus Araguaia da UFMT (Barra do Garças)
Cineclube Guaporé (Campus IFMT Pontes e Lacerda),
CinePense (Campus Sinop da UFMT)
Cineclube Zumbis (UNEMAT Sinop)
Cineclube Peskaria de Cinema (Cáceres)
Cineclube Serra de São Vicente (Campus São Vicente do IFMT)
Cineclube Quaarup (Chapada dos Guimarães),
Cineclube IFMT Bela Vista/Curta BLV
Cine Teatro Cuiabá (A Escola vai ao Cine Teatro Cuiabá e Encontros com Cinema), CineSesc Arsenal
Sesc Rondonópolis
Campus Várzea Grande do IFMT (Ocupação Literária)
Coletivo Artístico Gay de Mato Grosso (CAGAY-MT)
Escola Estadual Presidente Médici (Cuiabá)
Escola Regina Pacis (Sinop)
Biblioteca Pública Estevão de Mendonça (Palácio da Instrução/Cuiabá)
Museu da Imagem e do Som de Cuiabá
Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO/UFMT)
Coletivo Maria Taquara
UNEMAT Cáceres
Academia de Letras, Cultura e Artes do Centro Oeste (Barra do Garças)
IFMT Sinop
Espaço Cultural Metade Cheio
Festivais/Mostras Tudo sobre Mulheres
Mostra CineCaos
Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso
Mostra de Audiovisual Universitário da América Latina (MAUAL)
Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá (CINEMATO)
Associação Mato-Grossense de Cinema e Audiovisual (MTCINE)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBolsonaro confirma aumento de validade da carteira de motorista
Próximo artigoMessi, Cuiabá, VAR e a 3ª rodada do brasileirão | Análise de Segunda | Experimentando por aí