Quais as coberturas mais essenciais do plano de saúde para cada faixa etária?

Existe um plano de saúde para cada faixa etária, mas o ideal é sempre ter uma cobertura abrangente.; Veja o que será preciso em cada fase da vida

(Foto: Pixabay)

Ao contratar uma assistência médica é preciso fazer uma escolha inteligente. Há quem pense apenas em escolher uma operadora com o nome conhecido, outros consideram apenas questões financeiras.

A questão é que existe um plano de saúde para cada faixa etária. Isso porque com a idade as necessidades vão mudando e consequentemente os cuidados médicos.

É claro que todos buscam pelo plano de saúde mais barato do Brasil, mas ele só será bom se fornecer coberturas essenciais.

As faixas etárias dos planos de saúde

Os planos de saúde são divididos por faixas etárias, essa é uma regra da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Isso quer dizer que é igual em todas as operadoras.

No total são 10 faixas etárias, sendo que a primeira começa com 0 anos e a última se inicia com 59 anos. Veja como funciona.

1 0 a 18 anos
2 19 a 23 anos
3 24 a 28 anos
4 29 a 33 anos
5 34 a 38 anos
6 39 a 43 anos
7 44 a 48 anos
8 49 a 53 anos
9 54 a 58 anos
10 59 ou + anos

 

Essas faixas são usadas para determinar os valores dos planos. Quanto maior a idade, os custos tendem a acompanhar esse crescimento, já que as visitas e cuidados médicos tendem a ser mais frequentes.

Ao fazer aniversário, uma pessoa é migrada automaticamente de uma faixa para outra. As coberturas do plano nesse caso permanecem as mesmas, mas podem ser alteradas junto à operadora se houver necessidade.

As coberturas do planos

Segundo a ANS, os planos de saúde precisam oferecer cobertura mínima. Essas são divindades em segmentações assistenciais.

Plano ambulatorial

O plano ambulatorial contempla atendimento de urgência e emergência com internações por até 24 horas, consultas, exames e pequenas cirurgias que não precisam de internações. Ela também inclui cuidados como fisioterapia, psicologia, quimioterapia e outros com sessões limitadas.

Plano hospitalar

Seu foco é o atendimento dentro do hospital, isso significa intenções, cirurgias complexas que exijam recuperação e todos os cuidados e medicamentos enquanto se estiver internado.

Plano hospitalar com obstetrícia

A obstetrícia é um serviço comercializado junto com o plano hospital, pois está relacionada ao parto. Isso quer dizer que além de todos os procedimentos antes citados, será incluso o parto normal ou por cesariana e os cuidados com o bebê nos primeiros dias de vida.

Um plano de saúde para cada faixa etária

A grande questão é como escolher um plano de saúde para cada faixa etária. Para fazer a melhor escolha, deve-se entender os cuidados necessários em cada fase da vida.

Crianças e adolescentes – 0 a 18 anos

Nessa fase os pequenos estão em fase de desenvolvimento e os cuidados recebidos nessa idade, vão garantir que se tornem adultos saudáveis.

As consultas aos médicos devem ser frequentes e exames para saber como anda a saúde. Como o sistema imunológico ainda está em formação, podem ocorrer alguns problemas. Uma internação pode ser necessária para que a criança se recupere.

Nessa faixa etária o mais indicado é um plano ambulatorial + hospitalar.

Jovens e adultos – 18 a 48 anos

Os jovens costumam ser mais saudáveis, mas isso não significa que não precisam de cuidados. A visita ao médico precisa continuar a acontecer assim como os exames de rotina.

As mulheres que estão na sua fase fértil precisam de cuidados adicionais, já que elas podem engravidar.

Nessa fase é recomendado o plano ambulatorial + hospitalar com obstetrícia para mulheres. Os homens podem ter o ambulatorial + hospitalar. Se for individual, já na opção familiar é recomendado o com obstetrícia.

Adultos de meia idade e idosos – 49 anos ou mais

Nessa fase da vida a frequência dos check-ups e exames tende aumentar já que problemas como pressão alta podem aparecer com mais frequência. Além disso, o infarto também gera mais atenção nessas idades.

A questão é que todos os cuidados aumentam, desde os preventivos até os tratamentos.

A recomendação é contar com um plano ambulatorial + hospitalar. Não há necessidade da obstétrica já que a idade fértil passou. Entretanto, vale a pena verificar se a operadora oferece coberturas adicionais que poderão ser úteis.

É possível perceber que existe um plano de saúde para cada faixa etária, mas que em todas elas sempre recomendamos os cuidados mais completos. Com um plano ambulatorial + hospitalar poderá estar coberto contra as principais ocorrências de saúde. A variação do plano de saúde para cada faixa etária ocorre para a mulher com idade fértil.

Por: Jeniffer Elaina, do site PlanoDeSaude.net.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSinop Energia monitora riscos de incêndios em áreas florestais
Próximo artigoSete pessoas são presas por exploração de garimpo ilegal em MT