PT não elege nenhum prefeito de capital em 2020

Essa é a primeira vez desde a redemocratização que o partido não elege nenhum prefeito nas capitais brasileiras

(Foto de José Cruz/Agência Brasil)

O Partido dos Trabalhadores não se saiu nada bem nas eleições municipais de 2020, sendo considerado um dos partidos que mais “encolheu” neste ano. Na disputa pelas prefeituras, o resultado também foi ruim para o partido, que perdeu 11 das 15 disputas do 2º turno na eleição 2020.

O partido também não conseguiu eleger nenhum prefeito pelas capitais do país. Essa é a primeira vez desde a redemocratização que o partido é derrotado em todas as capitais brasileiras.

Pelo Twitter, a presidente do Partido Gleise Hoffmann adotou uma postura mais neutra e não falou em derrota, mas parabenizou a militância petista. Para Gleise, apesar da derrota, a esquerda teria mostrado que ainda sabe lutar.

“O 2º turno mostrou que a esquerda sabe lutar. Nosso desempenho nas grandes cidades e a unidade que construímos em tantas delas confirma que temos uma alternativa para o Brasil. Parabéns à militância pela garra, num cenário tão difícil”, escreveu a petista.

O resultado também não foi nada bom para grandes líderes da esquerda de outros partidos no Brasil. Em São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL) saiu derrotado e, em Porto Alegre, Manuela D’Ávila (PC do B), também perdeu, mesmo sendo considerada a favorita na disputa e tendo sido a candidata que mais gastou em fundo eleitoral.

O ex-presidente Lula ainda não se pronunciou sobre a derrota histórica que seu partido e lideranças apoiadas por ele sofreram nessas eleições.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMoeda falsa: Polícia Federal cumpre mandados em Chapada dos Guimarães
Próximo artigoAbílio não reconhece vitória de Emanuel