Projeto que permite eleições eletrônicas nas reuniões de condomínio passa no Senado

A senadora Juíza Selma Arruda foi a relatora da proposta que facilita a realização das assembleias de condomínio

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

A Câmara Federal aprovou na Comissão de Constituição e Justiça o projeto de lei 548 de 2019. A proposta permite o voto eletrônico em reuniões de condomínios. De autoria da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS), o projeto foi relatado pela senadora Juíza Selma (PSL-MT).

Na defesa do projeto, a relatora destacou os grandes desafios dos condomínios na atualidade para engajar os condôminos na discussão e deliberação das questões de interesse de todos.

“Os múltiplos compromissos da vida cotidiana fazem com que muitas pessoas não tenham tempo para comparecem às assembleias. A possibilidade de se votar posteriormente sobre os temas debatidos é uma alternativa muito bem-vinda para aumentar a participação democrática nas deliberações”, disse Selma.

Caso não haja interposição de recurso no prazo de cinco dias a partir da publicação do parecer, o projeto segue para aprovação na Câmara dos Deputados.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAssociação Brasileira de Agricultura de Precisão lança simpósio regional
Próximo artigoPor roubo de R$ 550 mil, defensor público é condenado a prisão e perda do cargo