Projeto oferece tutoria online e gratuita a jovens artistas

Contemplado em edital da Secel, 1º Ciclo de Residência Artística Online CasaCorpo na Escola vai ensinar a transformar objetos diversos em arte

Foto: Divulgação

Pedaços de legumes, embalagens, cadernos velhos, fotos antigas. É possível transformar esses elementos em obras de arte? Para ensinar como fazer, estão abertas as inscrições para o 1º Ciclo de Residência Artística Online CasaCorpo na Escola.

A orientação gratuita é direcionada a jovens de 15 a 25 anos interessados em desenvolver percepções e habilidades nos campos das artes visuais e literatura. Sob tutoria em processos criativos da educadora Imara Quadros e orientação artística de Carla Renck e Pedro Duarte, o projeto atenderá também alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT).

Para participar, basta preencher o formulário (Link AQUI) e concluir a inscrição, entre os dias 18 e 29 de janeiro. No caso dos menores de idade, é preciso autorização dos responsáveis. Os encontros acontecerão por meio da plataforma Google Meet.

“Como fazer arte com o que temos em casa? Podemos fazer arte com objetos que iriam para o lixo? E com rótulos de alimentos? É possível fazer arte com nosso cotidiano? A resposta é SIM! E esse é o principal objetivo dessa Residência Artística Online”, afirma Pedro Duarte, um dos orientadores artísticos do projeto.

De acordo com Carla Renck, que também é orientadora da ação, assim como observado em diversos outros setores, as residências artísticas também se adaptaram às limitações impostas pela pandemia de covid19, migrando para o ambiente digital. Ela explica que o plano de vivências aposta em um formato livre e que os participantes desenvolverão seus próprios métodos de criação utilizando materiais que já possuam.

“Mesmo virtualmente, este será um espaço de experimentações e possibilidades para as mais diversas trocas entre residentes, artistas e a tutoria em processos criativos”, disse Carla.

O 1º ciclo do projeto acontece entre os dias 1 e 19 de fevereiro e resultará em uma exposição online hospedada no site www.casacorpoartes.com.br. Além disso, todos os encontros contam com tradução para libras, possibilitando o ingresso de residentes surdos.

A iniciativa foi contemplada no edital MT Nascentes, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) com recursos da Lei Aldir Blanc.

CasaCorpo

O grupo CasaCorpo nasceu em 2019, realizando em 2020 sua primeira proposta de metodologia de Residência de Arte Contemporânea Híbrida, no Ateliê Livre do Museu de Arte e Cultura Popular da Universidade Federal de Mato Grosso (MACP/UFMT).

A ação, orientada por Ruth Albernaz, contou com Carla Renck, Livia Bertges, Pedro Duarte e Reinaldo Mota. Por meio de rodas de conversa e oficinas abertas ao público a ocupação ocorreu de janeiro a outubro de 2020, sendo virtualizada a partir de março.

Mais informações sobre o grupo podem ser encontradas no site e nas redes sociais: instagram.com/casacorpoartes e www.casacorpoartes.com.br. Quaisquer dúvidas podem ser enviadas pelo link: https://bit.ly/3pMIU99.

Serviço

1º Ciclo de Residência Artística Online CasaCorpo na Escola

Prazo para inscrição: sexta-feira (29.01)

Formulário para inscrição: https://forms.gle/QbA6phvo2fnfFZ4q6

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVacina covid-19: saiba quem pode e quando buscar os serviços para se imunizar
Próximo artigoFiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca