Projeto cria delegacias rurais em municípios com mais de 95 mil habitantes

Alceu Moreira é autor da proposta que prevê soluções rápidas para diminuir a violência no campo

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Foi aprovado, por unanimidade, na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (8), o parecer pela aprovação do Projeto de Lei Nº 365/2019, de autoria do presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Alceu Moreira (MDB-RS). A medida trata sobre a criação de delegacias especializadas em crimes rurais, nos municípios com mais de 95 mil habitantes. “A insegurança no campo atingiu níveis inaceitáveis, precisamos agir com rapidez e eficiência para mitigarmos esse problema que aflige as famílias que residem no campo e trabalham para produzir alimentos,” justificou Moreira.

Segundo o deputado, a limitação de 95 mil habitantes auxilia que as delegacias se afastem ainda mais das capitais, interiorizando-se e aumentando a eficácia da proposta, bem como a eficiência na utilização dos recursos públicos. “A prioridade será o atendimento aos crimes praticados no meio rural, em ações investigativas e preventivas dos delitos.”

De acordo com dados de estudos realizados pela Confederação Nacional da Agricultura (CNA), nos últimos dois anos, apenas nos estados de Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso foram registrados 70.966 furtos e roubos; números que tendem a ser significativamente maiores em razão da subnotificação das ocorrências nos registros oficiais.

“É imprescindível que o poder público adote medidas para levar a essas populações e ao setor produtivo as condições de segurança que eles tanto necessitam”, defendeu Moreira. O projeto prevê o atendimento a 333 municípios em todo o país com a instalação dessas delegacias em regiões mais afastadas das capitais e aglomerações urbanas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPF deflagra operação de combate ao tráfico na fronteira entre MT e GO
Próximo artigoGoverno vai terceirizar serviços e demitir parte dos servidores da Santa Casa