Presidente do Senado admite possibilidade de voto impresso em 2022

De acordo com o senador, deputados e senadores debatem a possibilidade de aprovar o voto auditável

Fabio Rodrigures Pozzebom / Agência Brasil

Nesta segunda-feira (14), o presidente do Senado Rodrigo Pacheco (DEM-MG) falou sobre a possibilidade do Brasil adotar o voto auditável ainda nas eleições do ano próximo ano. De acordo ele, a proposta está sendo debatida no Congresso.

Ainda segundo o senador, é preciso ouvir e buscar solução para qualquer suspeita de vulnerabilidade do sistema eleitoral brasileiro, para acabar com as dúvidas sobre a transparência e eficiência do mesmo.

“Esta sustentação sobre a eventual vulnerabilidade precisa ser respeitada e precisa ser ouvida, o fato de eu não acreditar não significa que não exista, não é?”, afirmou o senador ao portal Jota.

Possibilidade do voto impresso

O senador confirmou também que há senadores discutindo a possibilidade de aprovar o voto impresso ainda para 2022.

“Se há senadores e deputados sustentando isso e se houver viabilidade técnica e operacional para uma implantação dessa natureza que dê maior confiabilidade ao sistema de escolha de candidatos, é perfeitamente possível nós admitirmos”, afirmou.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDeputado quer multa de R$ 20 mil para quem promover festas em MT
Próximo artigoPSD mira Neri Geller ao Senado e reeleição de Mauro Mendes