Policial reage a assalto, atinge ladrão e faz dois correrem abandonando motos

Os dois anunciaram o assalto atirando, mas não contavam que a vítima reagiria imediatamente

Um policial civil de 50 anos foi vítima de um assalto na noite dessa sexta-feira (23) no Bairro Jardim das Oliveiras, em Cuiabá. Mas ao ver os ladrões atirarem três vezes em sua direção reagiu. Atingiu ao menos um deles e os colocou para correr. Eles chegaram a abandonar as motocicletas em que estavam.

Conforme o boletim de ocorrência, o policial civil estava chegando à casa da sogra quando foi rendido pelos dois ladrões, cada um em uma motocicleta. Um deles estava armado e já anunciou o assalto atirando três vezes contra o policial.

Para se defender, o civil sacou sua arma e reagiu atirando nos suspeitos, atingindo um deles. Assustados com a reação da vítima, os dois suspeitos saíram correndo, deixando as motocicletas para trás: uma Honda CG 160 Titan preta e uma Honda CG 125 vermelha.

A Polícia Militar foi acionada e as motocicletas foram checadas. Foi constatado que a Titan preta tinha registro de furto e estava com a placa adulterada.

Os militares iniciaram buscas aos suspeitos e encontraram o que havia sido atingido pelo policial civil caído em uma rua do Bairro Altos do São Gonçalo. O outro não foi localizado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou o suspeito baleado para o Pronto-Socorro de Cuiabá, onde ele ficou sob observação médica e aos cuidados de uma equipe da PM.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes de Cuiabá como roubo, tentativa de homicídio doloso, disparado de arma de fogo e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Na delegacia, uma soldada da PM reconheceu o suspeito preso como o responsável pelo roubo do qual foi vítima no dia 30 de junho deste ano. Ele também foi reconhecido como ladrão de um roubo em uma farmácia na Avenida Fernando Corrêa da Costa no dia 17 de agosto deste ano.