PF reabre investigações sobre caso de facada em Bolsonaro

Polícia irá investigar quem pagou o advogado de Adélio Bispo, o autor da facada em Bolsonaro

(Foto: Reprodução/Instagram)

A polícia federal decidiu reabrir a investigação sobre o atentado a faca contra o presidente Jair Bolsonaro, na campanha eleitoral de 2018. A decisão foi divulgada nesta sexta-feira (26) pela superintendência da polícia federal.

O inquérito foi retomado depois da aprovação do Tribunal Regional Federal da 1.ª Região (TRF-1), em Brasília, que no início do mês derrubou as restrições que travavam as apurações.

Agora a Polícia Federal vai investigar o material obtido a partir da quebra de sigilo bancário do advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior.

Na época do crime, ele defendeu Adélio Bispo de Oliveira, autor da facada. O advogado não deu explicações claras sobre quem pagou seus serviços.

Caso da facada

Em 2018, Bolsonaro participava de um evento de campanha quando foi surpreendido pelo criminoso que o esfaqueou na barriga.

Na época candidato, Bolsonaro precisou ser internado e passar por diversas cirurgias em decorrência do atentado.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCoronel Fernanda no PL
Próximo artigoMinistério Público quer fechar supermercado inaugurado esta semana em Cuiabá