|Quarta-feira, 23 maio 2018

    Panos quentes

    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Ednilson Aguiar/Olivre

    Pedro Taques

    Pedro Taques não quis polemizar críticas de aliado

    O governador Pedro Taques (PSDB) evitou rebater as declarações do ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSB), que elencou problemas na gestão do Estado. O tucano chamou Mauro de “companheiro” e afirmou que o aliado tem todo o direito de criticá-lo. “Quem sou eu para criticar os outros? Eu sou o governador e mereço ser criticado”, declarou, na manhã desta sexta-feira (9), em evento da Secretaria de Agricultura Familiar em Várzea Grande. O gestor ainda agradeceu. “Obrigado pelas críticas. Vamos tentar consertar se porventura tenhamos algum erro.”

    Taques afastou a possibilidade de traição diante das ameaças de Mauro de deixar a base aliada e negou que o aliado esteja distante. Segundo Taques, o ex-prefeito está apenas ocupado com as empresas. “É um direito constitucional de quem quiser sair e entrar [da base]. Faz parte da liberdade”, disse.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Policiais se revoltam ao prender “Pateta” andando de BMW

    Esposa é ameaçada pela amante do marido com ajuda de PM

    Em curso de mergulho, bombeiros fazem prova escrita embaixo d’água

    Idoso é preso e uma das acusações é o roubo de sua própria motocicleta

    Ladrões roubam carro em frente a escola e mãe tira filho de veículo às...

    X