O dinheiro sumiu

PT tem contas reprovadas pela Justiça Eleitoral ao não comprovar gastos

Por unanimidade, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso rejeitou a prestação de contas do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT).

A decisão dada em sessão plenária do dia 12 deste mês seguiu o voto do relator, juiz Jackson Coutinho, que identificou irregularidades graves.

Foi apontado que o PT não apresentou a comprovação de despesas de R$ 136 mil de dinheiro do fundo partidário, o que foi considerado irregularidade de natureza grave.

O PT ainda foi condenado a devolver R$ 150 mil ao Tesouro Nacional. Ainda cabe recurso da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorInternado em SP, Bolsonaro não tem previsão de cirurgia
Próximo artigoMeras irregularidades