Mulher morre picada por cobra enquanto pescava na beira de lago

Acidente aconteceu na manhã desse domingo, em Sinop

Imagem ilustrativa / Pixabay

Uma mulher de 53 anos, identificada como Marlene Canute, morreu na manhã desse domingo (12) picada por uma cobra na zona rural de Sinop (500 km de Cuiabá).

No início da manhã, o esposo de Marlene a deixou à beira de um lago em uma área de mata próxima à Estrada Nanci e a um condomínio residencial na zona rural de Sinop, para que a mulher pescasse, como era de costume para os dois nos domingos e feriados. Em seguida, ele foi resolver algumas coisas na cidade.

Cerca de 40 minutos após deixar a esposa, porém, ele recebeu uma ligação de um amigo dizendo que chegou para pescar e encontrou Marlene caída no chão ao lado da lagoa, com uma marca na mão que parecia de picada de cobra.

O marido correu para a lagoa e os dois homens viram que Marlene já estava sem vida, mas que não tinha nenhum sinal de violência física – apenas a marca na mão, dois furinhos, que pareciam uma picada de cobra.

A Polícia Militar e a Polícia Judiciária Civil foram acionadas e, em seguida, a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e o Instituto Médico Legal (IML), que recolheu o corpo da vítima.

O caso foi registrado como morte acidental.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNova queda diária
Próximo artigoMãe desconfia que pai de sua filha está abusando de bebê e vai à polícia

O LIVRE ADS