Ministro Alexandre de Moraes manda bloquear o Telegram no Brasil

O aplicativo de mensagens teria descumprido ordens vindas do Supremo Tribunal Federal

Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O ministro Alexandre de Moraes determinou nesta sexta-feira (18) o bloqueio do aplicativo de mensagem Telegram. Na decisão, ele orienta que o aplicativo fique fora do ar em todo o território nacional.

De acordo com Moraes, o aplicativo de mensagens “descumpriu decisão judicial”, que exigia a retirada do ar de algumas contas, bem como a quebra de sigilo da plataforma.

“Determino a suspensão completa e integral do funcionamento do Telegram no Brasil, defenso ser intimado, pessoal e imediatamente, o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações, Wilson Diniz Wellisch, para que adote imediatamente todas as providências necessárias para a efetivação da medida”, diz o documento.

No mês passado, Moraes já havia ameaçado suspender os serviços do Telegram, caso três perfis ligados ao jornalista Allan dos Santos não fossem derrubados.

O Telegram acatou a decisão, mas o jornalista Allan dos Santos criou novas contas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSemáforos inteligentes: Rodovia dos Imigrantes terá tráfego alterado neste sábado
Próximo artigoJustiça mantém justa causa a trabalhador por comportamento homofóbico