Mesa rachada

A relação entre Botelho e Russi azedou, diz fonte da AL

Desde que o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho (DEM), chamou o primeiro-secretário Max Russi (PSB) de “canalha” e “pessoa não confiável”, em agosto deste ano, as coisas não andam bem entre os dois deputados.

Na época, Russi respondeu à altura, ou melhor, à baixeza, e disse que canalha era o outro.

Segundo fonte do LIVRE, a relação entre os responsáveis por gerir a “Casa” – que só não é chamada “dos Horrores” porque a Câmara de Vereadores saiu na frente – está para lá de azeda.

Disse ainda essa fonte que as farpas que saem da Mesa rachada vêm atingindo gente que nada têm a ver com a querela entre os nobres.

LEIA TAMBÉM

Como você se sentiu com este conteúdo?

loading spinner

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.