Mato Grosso registra a 12ª morte por covid-19

Athaide Celestino da Silva era enfermeiro e estava internado na UTI há 37 dias

Imagem Ilustrativa (Foto: Freepik)

O enfermeiro Athaide Celestino da Silva é a 12ª vítima do coronavírus em Mato Grosso. A informação foi divulgada pelo Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso (Sisma-MT) e confirmada pelo governo do Estado.

Athaide faleceu neste sábado (2), após 37 dias internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular em Cuiabá.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), Athaide atuava como enfermeiro há 37 anos e, atualmente, trabalhava na Unidade III do Hospital Psiquiátrico Adauto Botelho.

Além de Athaide, pelo menos outros 16 profissionais da Saúde Pública de Mato Grosso também foram diagnoaticados com a covid-19, conforme o Sisma-MT.

Uma enfermeira permanece internada em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há cerca de 30 dias.

A SES afirma, entretanto, que a dos doentes teve sintomas leves ou sequer os manifestou.

Quatro pacientes do Adauto Botelho também testaram positivo para o coronavírus.

Pesar

Em nota, o presidente do Sisma-MT, Oscarlino Alves, prestou condolências à família enlutada.

“Convido a todos os colegas a estarem junto ao SISMA na porta do cemitério logo mais para uma última homenagem do SUS ao colega enfermeiro que infelizmente adoeceu trabalhando”, escreveu.

Oscarlino ainda esclareceu que o sepultamento obedecerá o protocolo sanitário reservado a poucos integrantes da família.

Secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, também lamentou a morte de Athaide.

“É com profunda tristeza que recebo a notícia do falecimento deste profissional da Saúde do Estado e expresso os meus sinceros sentimentos à família do nosso colega”.

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho, também emitiram notas de pesar.

“Essa situação só evidencia que as pessoas não podem relaxar o isolamento social. A Prefeitura continuará intensificando as ações em homenagem às pessoas que perderam suas vidas devido à covid-19. Sabemos que são ações duras, mas infelizmente necessárias para combatermos este mal e tentarmos evitar mais óbitos na Capital”, disse o prefeito.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmpresa de ônibus vai colocar cortinas entre poltronas para proteger passageiros
Próximo artigoCaminhoneiro é sequestrado, fica seis horas com bandidos e tem carga de soja roubada