Maluf prevê dificuldades de Mauro na AL e projetos não devem ser aprovados nesta legislatura

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador Mauro Mendes (DEM) apresentou aos deputados estaduais, na tarde desta quarta-feira (9), os quatro primeiros projetos que irá protocolar na Assembleia Legislativa amanhã (10), na tentativa de equilibrar as contas do Estado. Embora o presidente da Casa, Eduardo Botelho (DEM), acredite na possibilidade de apreciação ainda nesta legislatura, o primeiro secretário, Guilherme Maluf (PSDB), prevê dificuldades.

As matérias são referentes à reforma administrativa, reformulação do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), criação da Lei de Responsabilidade Fiscal do Estado e regulamentação da Revisão Geral Anual (RGA). Botelho entende que todas passarão facilmente, já Maluf garante que a aprovação não será rápida.

“São matérias delicadas, a gente precisa estudar, debater. A Assembleia pode melhorar os projetos, esse é o nosso papel. Temos compromisso de fazer o mais rápido possível, mas a Assembleia não pode ser anulada, ela é autônoma e eu defendo essa discussão”, declarou o parlamentar tucano.

Líder do Governo Mauro, Dilmar Dal´Bosco (DEM) defendeu a importância dos projetos para o Estado, mas também não sabe se existe possibilidade de aprovação até 1º de fevereiro, quando a nova legislatura será empossada.

“Pelo olhar dos deputados vai ter um debate grande, mas todos são bons projetos e, em caso de dúvidas, eu e toda a equipe do governo estamos à disposição. O Mauro disse que irá à Assembleia quantas vezes for preciso para sanar todas as dúvidas”, destacou.

A reunião contou com a presença de 21 dos 24 deputados, além do vice-governador Otaviano Pivetta (PDT), do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e do secretário de Fazenda, Rogério Gallo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS