Mais rigor para reabertura

Emanuel Pinheiro diz que novos segmentos comerciais só terão autorização para retomar atividades se não houver "descontrole" da covid

(Foto: Luiz Alves)

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) disse que a reabertura de estabelecimentos comerciais que continuam fechados vai depender do “comportamento” da covid-19.

Nesta segunda-feira (18), ele disse que nenhuma nova etapa de retomada da economia será aplicada se houver “descontrole” da doença.

O prefeito também criticou a taxa baixa taxa de isolamento/distanciamento social de Cuiabá. A cidade está entre as piores do país, conforme pesquisa divulgada na semana passada.

Shopping centers, restaurantes, bares, lanchonetes, academias, clubes e similares ainda estão sem data para a retomada parcial das atividades. E em alguns segmentos a previsão de entidades é catastrófica.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Cuiabá afirma que cerca de 8 mil dos 20 mil estabelecimentos em funcionamento antes da crise não conseguirão reabrir as portas.

Também estão parados os setores de comércio ambulante, congênere e feirantes, além de exposições, atividades esportivas e culturais, atividades educacionais presenciais.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSuspeita da covid? Em Cuiabá, é preciso pagar pelo exame ou estar em situação gravíssima
Próximo artigoPrefeitura vai pagar R$ 500 para mais de mil autônomos durante três meses