Prefeitura vai pagar R$ 500 para mais de mil autônomos durante três meses

Auxílio financeiro nos moldes do programa federal de emergência deverá começar a valer na última semana de maio

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Prefeitura de Cuiabá deve começar a pagar no fim de maio o auxílio financeiro a trabalhadores autônomos inscritos no sistema de assistência do município.

A ajuda deve funcionar nos moldes do auxílio emergencial que está sendo pago pelo governo federal. A diferença está no número de beneficiados e no valor mensal que será disponibilizado.

O projeto de lei foi aprovado no sábado (16) pela Câmara dos Vereadores. O programa recebeu o nome de Renda Solidária e deverá auxiliar 1,6 mil trabalhadores autônomos já cadastrados no sistema da prefeitura.

Eles receberão R$ 500 por três meses para mitigar as perdas financeiras por causa da suspensão de atividades trabalhistas pelo decreto de isolamento social.

O projeto autoriza o Executivo a remanejar até R$ 2,5 milhões de seu orçamento para cobrir as despesas do programa.

O texto deverá ser enviado de volta para a prefeitura esta semana.

“Assim que chegar, o prefeito vai homologar e vai um tempo para as secretariais se adequarem. A expectativa é que a primeira parcela saia na última semana de maio e subsequentemente, na última semana de junho e na última semana de julho”, informou a assessoria de imprensa.

Conforme a assessoria, as pessoas inseridas no benefício deverão ser chamadas pela prefeitura para atualizar os dados e receber orientação a abertura de conta bancário, se for o caso. O auxílio será depositado nessas contas, em datas que ainda serão definidas pela prefeitura.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMais rigor para reabertura
Próximo artigoInterior de MT: auditora teme pela segurança da família após sofrer atentado

O LIVRE ADS