Irmão e primo de senadora são presos em operação da Polícia Federal

Os familiares da senadora Rose de Freitas são acusados de integrar um suposto esquema de corrupção que desviou pelo menos R$ 9 milhões

O irmão da senadora Rose de Freitas (MDB), Edward Dicknson de Freitas, e o primo da parlamentar, Ricardo Salter Mota, foram presos pela Polícia Federal na tarde desta quarta-feira (12).

A prisão aconteceu durante a Operação Corsário, que tem o objetivo de investigar supostos desvios de recursos públicos na Companhia Docas do Espírito Santo.

Os criminosos podem ter desviado mais de R$ 9 milhões da estatal, entre os anos de 2015 e 2018.

No total, a Polícia Federal realizou buscas em pelo menos 10 endereços, um deles o da própria senadora.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSenadora Rose de Freitas é alvo de operação da Polícia Federal
Próximo artigoEstudo confirma presença de dinossauros em Mato Grosso do Sul