Investigada no gabinete de Fávaro

Advogada Márcia Zampiron é citada em operação sobre pagamento irregulares do sistema S a escritórios de advocia

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

A advogada Márcia Zampiron, investigada na Operação E$QUEMA, é uma das contratadas do gabinete do senador em exercício Carlos Fávaro (PSD-MT). A informação foi publicada nesta segunda-feira (21) pelo site O Antagonista. 

A advogada é investigada na ação sobre desvio de dinheiro do sistema S (Sesi, Senai, Senac, etc.) por meio de pagamentos irregulares a escritórios de advocacia no Rio de Janeiro.  

Ela é casada com o ex-presidente do Banco Popular no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, Ivan Guimarães, empresário que tinha contato com José Dirceu, Delúbio Soares e Waldomiro Diniz na mesma época. 

Em nota divulgada pelo seu gabinete, o senador Fávaro disse que a informação sobre a investigação da advogada o “pegou de surpresa” e que providenciaria a sua exoneração até o esclarecimento de fatos. 

“Esclarecemos que o procedimento de contratação seguiu todos os requisitos legais, inclusive com a apresentação de todas as certidões negativas”, diz a nota. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQueimadas fazem reservas em hotéis e pousadas cair 90% no Pantanal
Próximo artigoInércia e prescrição