Índio é preso por espancar e causar traumatismo craniano na própria filha

A menina, de 10 anos, foi levada pelos pais ao hospital, onde está internada em estado grave

Um índio de 41 anos foi preso nessa terça-feira (10) acusado de espancar a filha, de 10 anos, a ponto de deixá-la com lesões no abdômen e traumatismo craniano.

O caso aconteceu na Aldeia Macaúba, em Santa Terezinha (1.330 km de Cuiabá).

A Polícia Militar foi acionada por funcionários do Hospital Municipal da cidade, para onde a menina foi levada pelos pais. Os médicos desconfiaram de que a criança havia sido espancada.

Uma equipe foi até a unidade, onde foi constatado que a menina e os pais eram indígenas e que, possivelmente, o agressor havia sido o próprio pai, que estava sentado em frente ao hospital.

Os policiais foram até ele e questionaram o que havia acontecido. Ele confessou que espancou a filha com chutes.

Uma enfermeira do hospital relatou à polícia que a criança está com lesões no abdômen e traumatismo craniano.

Devido à gravidade das lesões, a menina foi encaminhada para a cidade de Confresa (1.160 km de Cuiabá).

Segundo os policiais, o pai da criança estava tentando entrar à força no hospital e acabou detido e encaminhado para uma unidade da Polícia Militar, onde o boletim de ocorrência foi registrado como maus-tratos com lesão corporal grave.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAgora temos 33
Próximo artigoCaso raro de gêmeas que dormem há seis meses intriga médicos no Pará

O LIVRE ADS