Imea aponta aumento de 13% no custo da cesta básica

O Instituto justifica que a baixa produtividade de alguns alimentos foi a principal causa do aumento

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O valor pago pela cesta básica em Cuiabá neste ano apresenta um aumento de 13% quando comparado a dezembro de 2018. O encarecimento é pautado pela baixa produtividade de alguns produtos. Por esse motivo, o custo alcançou o preço de R$ 503,5, em abril. É o que aponta o levantamento feito pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

O relatório aponta que o aumento nos custos está ligado, principalmente, a queda da produção de alguns alimentos, que com um menor volume de oferta, ocasionou a valorização dos preços. Dentre os produtos que mais sofreram aumento estão o tomate e o feijão que, se somados, apresenta valorização acumulada de 133% neste ano.

Desses, o tomate foi o alimento que mais sofreu alteração no valor, se comparado a dezembro de 2018, quando, segundo o Imea, o quilo custava cerca de R$ 7. Agora, a valorização acumulada elevou os preços em 27%, resultando no custo de R$ 9,80 pelo quilo do alimento. “Se comparado a abril de 2018, o custo [apresenta] a alta de 54%, sendo o maior valor do fruto na série histórica”, acima, inclusive, dos valores pagos pelo alimento em 2012, quando houve um aumento expressivo.

Outro produto que auxiliou no aumento do valor da cesta básica foi o feijão, que exibiu alta acumulada de 106% até abril deste ano, quando comparado ao último mês de 2018. Encarecimento “influenciado principalmente pela falta de chuva nos estados que são grandes produtores do grão, atrasando a entrada da safra”.

O grão também apresentou a maior cotação para abril este ano. Este movimento foi influenciado principalmente pela falta de chuva nos estados que são grandes produtores do grão, atrasando a entrada da safra. Sendo assim, a cesta básica em Cuiabá passou a valer R$ 503,5 em abril/19, alta acumulada de 13% ante a dezembro/18.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorChanceler brasileiro chega à Hungria para expandir relações bilaterais
Próximo artigoBrasil doa vacina antirrábica para o Haiti

O LIVRE ADS