Homem atira na esposa, diz que vai se matar e desaparece

O suspeito foi até a casa do irmão e pediu que ele o ajudasse a salvar a esposa, mas ela já estava sem vida

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma mulher de 52 anos foi assassinada nessa terça-feira (26) com um tiro de espingarda, dentro de sua própria casa, em um sítio no Assentamento Olga Benário, na região de União do Sul (640 km de Cuiabá). A suspeita é de que ela tenha sido vítima de um feminicídido cometido por seu marido, de 46 anos.

Conforme informações da Polícia Judiciária Civil, a vítima e o suspeito conviviam há aproximadamente três anos e mantinham um bar no sítio onde moravam.

Na noite dessa terça-feira (26), por volta das 19h30, o marido da vítima procurou o irmão dele, que mora próximo ao casal, pedindo que o ajudasse a socorrer sua esposa, que estava ferida com um tiro de espingarda.

Os dois correram até a casa no sítio em que o casal morava para tentar salvá-la, mas encontraram a mulher já sem os sinais vitais.

Questionado pelo irmão sobre o que teria acontecido, o marido não respondeu e saiu do local a pé, dizendo apenas que iria se matar.

A Polícia Militar foi acionada e está em busca do suspeito, porém, até o momento ele ainda não foi encontrado.

Na casa foram apreendidos uma espingarda calibre 12 de dois canos, um cinturão de couro, três cartuchos carregados e um deflagrado.

A Polícia Judiciária Civil está investigando o caso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEscutas ilegais: promotores e juízes passam a ser investigados pelo TJ
Próximo artigoUma missão para todos nós

O LIVRE ADS