Gasto dos servidores públicos

Instituições públicas passam a ficar obrigadas a divulgar as despesas de viagens de seus membros em até 10 dias

O governo de Mato Grosso terá que divulgar os gastos de viagens de servidores públicos em serviço. A lei que entrou em vigor na segunda-feira (10) estabelece prazo máximo de 10 após a viagem para a publicação dos gastos.  

No relatório devem aparecer o nome do agente favorecido, o destino, objetivo e a duração da viagem, com detalhamento das despesas de cada dos servidores que usuram o dinheiro. 

Conforme a lei, de autoriza do deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC), os relatórios deverão ser divulgados por “integrantes da Administração Pública direta, indireta, autárquica e fundacional”. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMais que desempregados: cresce número de brasileiros que desistiram do mercado de trabalho
Próximo artigoSenadora Rose de Freitas é alvo de operação da Polícia Federal