“Federalização” do VLT

Deputado federal José Medeiros quer que o governo federal assuma obra

Ednilson Aguiar/ O Livre

O deputado federal José Medeiros (Podemos-MT) pretende federalizar a polêmica sobre a obra inacabada do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) de Cuiabá. Ele quer introduzir o assunto na Câmara Federal por meio de uma audiência pública. 

A reunião será solicitada por ele como membro da Comissão de Viação e Transportes. O governador Mauro Mendes (DEM) e os prefeitos de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, e de Várzea Grande, Kalil Baracat, seriam convocados para participar da audiência e expor seus argumentos. 

 O Movimento Pró-VLT faria a contraparte de representação civil. Medeiros defende a conclusão do VLT. O parlamentar afirma que a mudança para o modal BRT foi uma “imposição” do governo estadual e provocará o prejuízo de R$ 1 bilhão – quantia já investida na obra. 

“O Movimento Pró-VLT defende que o governo federal assuma a obra do VLT. Por esta razão, solicitei a federalização da obra ao presidente Jair Bolsonaro,” disse. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIgrejas abertas
Próximo artigoTRE mantém cassação de prefeito eleito de Acorizal