Família se isola em fazenda e funcionário abusa de menino de nove anos

Eles foram para a fazenda para fugir da pandemia de coronavírus, mas a criança acabou vítima de uma tragédia

Imagem ilustrativa/Pixabay

Uma família de Rondonópolis (220 km de Cuiabá) resolveu se isolar durante a pandemia de coronavírus em uma fazenda em Poxoréu (260 km de Cuiabá), próximo ao distrito de Jarudore, e acabou vivendo uma tragédia.

O filho, um menino de nove anos, foi abusado sexualmente por um funcionário da fazenda, de 53 anos.

A Polícia Militar foi procurada pela mãe da vítima, que contou que foi para a fazenda – local onde um parente de seu esposo trabalha – com a intenção de isolar socialmente a família durante a pandemia de coronavírus que assola o mundo todo.

Por volta das 17 horas dessa sexta-feira (20), porém, um funcionário da fazenda chamou o filho do casal, de apenas nove anos, para apartar as vacas na companhia dele e a criança foi.

Depois, o menino contou à mãe que, quando estavam sozinhos, o suspeito abaixou suas calças e o short da criança e passou o órgão genital nas nádegas da vítima, mas não chegou a ter penetração.

A mãe foi até a polícia imediatamente, contou o ocorrido e uma equipe militar foi até a fazenda junto com o Conselho Tutelar em busca do suspeito. Ele, no entanto, já havia fugido e não foi mais encontrado.

O LIVRE produziu um manual para você saber como agir, caso tenha sido vítima ou testemunha de um crime sexual:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior200 mil litros de álcool
Próximo artigoEm Poconé nem turista entra

O LIVRE ADS