Estudante é preso depois de ameaçar matar colegas em faculdade no interior de MT

O acusado enviou diversos vídeos e mensagens dizendo que possuía uma arma em casa e iria “matar todo mundo”

Foto: Divulgação

Um estudante de direito, 32 anos, foi preso depois de ameaçar matar a tiros colegas de sala e funcionários de uma universidade, na tarde desta terça-feira (02), no município de Colíder (634 Km de Cuiabá).

Ao LIVRE, o tenente Amarante que participou da ação disse que o suspeito estava muito agressivo. “Segundo a mulher dele, o homem faz o uso de medicamentos controlados, drogas e bebidas alcoólicas. Ele fez ameaças graves contra as vítimas, por meio de vídeos e mensagens em redes sociais”, disse.

Segundo o policial, várias pessoas registraram denúncias contra o homem. “Ele enviou diversas mensagens dizendo que possuía uma arma em casa e iria até a instituição matar todo mundo”, contou o tenente.

O suspeito foi localizado em casa, tentou fugir e entrou em luta corporal com os policiais. Após ser detido, ele começou a se bater contra os móveis da residência.

Por questões de segurança a universidade chegou a suspender as atividades nesta terça-feira. Hoje (3), a direção da faculdade deverá decidir quando as aulas serão retomadas.

Na residência do suspeito foram apreendidas duas munições .50. Ele irá responder pelos crimes de ameaça, desobediência e injúria.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS