Enade 2019: estudar em universidades públicas ainda é melhor em MT

Em avaliação nacional, as instituições públicas tiveram notas maiores que as privadas, que são a maioria no país

(Foto: Freepik)

Os cursos em universidades públicas de Mato Grosso tiveram desempenho maior que o das universidades particulares em avaliações que medem a qualidade do ensino em 2019. As notas são feitas com base no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (20) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O Enade é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação e é aplicado desde 2004. As provas são voltadas a estudantes que estão concluindo o ensino superior.

Na edição do ano passado, foram avaliados – entre outros – cursos de bacharelado em Engenharia, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Agrárias, Ciências da Saúde e áreas afins, e cursos tecnológicos nas áreas de ambiente e saúde.

A cada ano um conjunto diferente de curso é avaliado.

O exame é constituído por um questionário e uma prova para avaliação de desempenho. As questões incluem itens de formação geral, comuns aos cursos de todas as áreas, e de componente específico.

A realidade brasileira – que se repete em Mato Grosso – revelou que as universidades públicas têm resultado superior.

Analisando as notas dos cursos de Medicina Veterinária, por exemplo, a UFMT (que disponibiliza o curso em Cuiabá e Sinop) variou entre 3 e 4, quando a nota máxima é 5. Em uma instituição privada do interior do Estado, o mesmo curso obteve nota 1.

Conceito

Apesar de serem maioria no Brasil, as instituições privadas tiveram nota menor nas avaliações. Dentre as 1.225 universidades participantes, 85% (1.039) são privadas, enquanto 15% (186) são públicas.

Entre as federais, 46% dos cursos ofertados conseguiram conceito 4 e 24,1%, conceito 5. Já entre as instituições privadas sem fins lucrativos, 11% dos cursos obtiveram conceito 4 e 1,4%, conceito 5.

A maior porcentagem (40,9%) dos cursos em instituições privadas com fins lucrativos obteve conceito 2, ou seja, “abaixo da média”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça bloqueia R$ 29 milhões de Dória por improbidade administrativa
Próximo artigoCalendário do duodécimo