Detentos de Cáceres vão produzir EPIs para agentes e profissionais de saúde

Justiça autorizou a utilização da mão-de-obra dos detentos em portaria publicada

(Foto: Freepik)

Os reeducandos da Unidade Prisional de Cáceres (220 km de Cuiabá) vão produzir equipamentos de proteção individual (EPIs). Os apetrechos serão doados aos agentes de segurança pública e profissionais da saúde que atuam na cidade.

A Justiça autorizou a utilização da mão-de-obra dos detentos. A decisão consta em uma portaria assinada pela juíza Helícia Vitti Lourenço.

A cidade possui cerca de 450 reeducandos (nas unidades masculina e feminina).

LEIA TAMBÉM

Na cadeia masculina, segundo o Tribunal de Justiça, há máquinas de costura doadas pelo governo, que podem ser utilizadas para a confecção dos equipamentos.

A leva em consideração a atual situação pela qual passa todo o país com a falta de máscaras e outros equipamentos de proteção individual.

Serão beneficiados com os EPI’s os agentes de segurança pública que trabalham no município, que atuam na fase de restrição sanitária e que atuam na região de fronteira, como Polícia Judiciária Civil, Policia Militar, Exército, Marinha, GEFRON, Corpo de Bombeiros e Policia Federal.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDoutor Estranho 2 terá designer de produção de Avatar
Próximo artigoHospital Júlio Müller