Decreto de Bolsonaro abre caminho para privatização de creches

Presidente liberou a realização de estudos de viabilidade e projetos-piloto para selecionar unidades pelo Brasil

Imagem Ilustrativa (Foto: Seduc)

Um decreto publicado na quarta-feira (27) no Diário Oficial da União abre caminho para o governo federal firmar parcerias com o setor privado na construção, modernização e gestão de creches e de estabelecimentos da rede pública de ensino nos Estados e Municípios.

A iniciativa já havia sido aprovada pelo conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Com a edição do decreto, o presidente Jair Bolsonaro libera a realização de estudos de viabilidade e estruturação de projetos-piloto para selecionar as unidades a serem atendidas.

Os detalhes sobre o número de creches que poderão ser concedidas serão anunciados futuramente.

Em agosto, a secretária especial do PPI, Martha Seillier, em entrevista programa Brasil em Pauta, da TV Brasil, explicou que o modelo em estudo pelo governo vai destravar a construção de creches municipais.

“O grande motivo para fazer isso é que temos no governo federal um grande passivo de obras inacabadas, ainda do PAC [Programa de Aceleração do Crescimento], para creches”, explicou.

Segundo Martha, “são milhares de creches que iniciaram obras e não concluíram e, hoje, o governo federal tem pouquíssimas chances de terminar todas essas obras. Mesmo que terminasse, os municípios têm baixa capacidade de trazer professores e equipar esses empreendimentos”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMotociclista bate em cata-tudo, cai em pista contrária, é atropelado e morre
Próximo artigoJovens ainda deixam o campo e ameaçam modernização da agricultura, avaliam especialistas

O LIVRE ADS