Custo da produção de soja da safra 19/20 tem ligeiro aumento

O acréscimo médio dos custos variável e operacional foi de 0,15%

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O custo de produção da soja em MT para a safra 19/20, referente ao mês de dezembro de 2018, sofreu ligeira alta de 0,15%, segundo dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

De acordo com o informativo, o custo variável que é referente a mão de obra, os custeios com os trabalhos das máquinas e implementos, sementes, corretivos de solo, macronutrientes, fungicidas e herbicidas, teve aumento de 0,17%, ficando em R$ 3.157,89, por hectare. Já o custo operacional teve aumento de 0,14%, resultando no valor de R$ 3.505,37, por hectare.

Segundo o Imea, o encarecimento é justificado pela valorização do dólar nesse período que, impactou principalmente, nas despesas com defensivos agrícolas, “dentre eles, os inseticidas e os herbicidas”. Produtos que mais sofreram alteração nos preços durante o período, superando os valores do mês anterior.

Com isso, considerando a mesma produtividade da safra 18/19, de 56,23 sacas por hectare, o ponto de equilíbrio para que o produtor cubra seu custo variável na próxima safra passa a ser de R$ 56,16, por saca.

O relatório semanal ainda alerta que apesar de o custo de produção da próxima safra ter iniciado a patamares historicamente altos no Estado, “ainda é cedo para definir um cenário, em vista das indefinições, principalmente, quanto ao dólar em 2019”, finaliza.