Cuiabano “invade” comercial do McDonald’s para colocar expressões em cuiabanês

Marquinhos, do Experimentando por aí, teve a sensação de que faltou um toque cuiabano na propagando do McDonald's e revolveu o problema

Foto: Experimentando Por Aí

Sabe aquela sensação de que faltou um toque cuiabano nas coisas? Tipo o que aconteceu com o cavalinho do Cuiabá do Fantástico. Então! Foi assim que o criador de conteúdo, Marquinhos, do Experimentando por aí, se sentiu quando viu a propaganda do restaurante McDonald’s rolando nas redes sociais, com expressões do Brasil todo, menos as nossas.

Pensando nisso, teve a ideia de ir até o drive comprar o lanche e gravar a sua reação e postar nos seus stories. Mas, no meio do caminho, achou que era melhor inserir essas falas no próprio comercial, fazendo uma produção independente.

Além dessa inserção, Marquinhos, que já é conhecido por visitar os restaurantes, pontos turísticos e receber produtos em casa em buscas de novas experiências, também gravou mais um episódio do Experimentando Por Aí e postou nas redes sociais.

Vale ressaltar que a ação é independente, de responsabilidade do Experimentando por aí, sem vínculo algum com o McDonald’s. Foi apenas uma vontade de fazer a cultura cuiabana parte do comercial de forma bem humorada.

O projeto

O Experimentando Por Aí trata de experiências do dia a dia que valham a pena ser compartilhadas! O objetivo é testar as sensações antes e descrever para os leitores/seguidores, para estimulá-los a também provarem. Antes de mais nada, o Experimentando por aí não é um blog técnico, mas sim a sua impressão pessoal.

Redes sociais e blog do Experimentando Por Aí:
http://www.fb.com/vamosexperimentar
http://www.instagram.com/experimentandoporai
http://www.experimentandoporai.com.br/

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAMAM realiza campanha para distribuição de cestas básicas e itens de proteção
Próximo artigoGoverno e municípios de Várzea Grande e Campo Verde abrem 12 leitos de UTI Covid-19