Risco moderado: taxa de ocupação de UTI cai abaixo de 45% em Cuiabá

A diminuição nos casos de covid-19 começou a ser evidenciada há cerca de duas semanas, quando a Capital zerou fila de espera por leitos de UTI

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

O município de Cuiabá saiu do Risco Alto e está classificado em Risco Moderado, conforme o novo panorama da situação epidemiológica da covid-19 em Mato Grosso divulgado pelo Governo do Estado na noite dessa terça-feira (11) e que pode ser conferido neste link.

O  método de definição de classificação de riscos dos municípios leva em consideração o número absoluto dos casos dos últimos 14 dias, bem como a média móvel dos últimos 14 dias, a fim de evitar que a cidade não sofra com uma mudança brusca de um boletim para outro, permanecendo assim na categoria com a sua média móvel por pelo menos duas semanas.

A diminuição nos casos de covid-19 em Cuiabá começou a ser evidenciada há cerca de duas semanas, quando a Capital zerou a fila de espera por leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) covid. Somente a capital disponibilizou 155 leitos exclusivos para UTI Covid.

No dia 23 de abril, Cuiabá contava  com 13 pacientes na fila de espera, no entanto, no início da noite daquela data, já não havia mais nenhum morador aguardando por leito, de acordo com a Central de Regulação de Urgência e Emergência.

Além disso, Cuiabá passou a apresentar melhora em outros aspectos relativos à covid-19. Por exemplo, no final de março deste ano, quando houve o pico de mortes, o Hospital Referência à covid-19 (antigo Pronto Socorro) chegou a ficar com 98% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto.

Já nesta quarta-feira (12), a ocupação é de 44,3%, sem nenhuma criança em UTI pediátrica na unidade hospitalar. Já no Hospital São Benedito, a taxa de ocupação dos leitos de UTI também está hoje em 41,6%. As duas unidades possuem 155 leitos exclusivos para tratamento contra o vírus e representam uma diminuição na taxa de ocupação de 45%.

Também foi possível observar que as internações e mortes por covid-19 de pessoas acima de 80 anos de idade apresentam redução na capital. Os moradores da capital – dessa faixa etária – são os únicos do grupo de idosos que já receberam as duas doses da vacina contra a covid-19 há mais de um mês, ou seja, já passaram pelo período de produção de anticorpos. No mês de abril 53 pessoas tiveram alta no São Benedito e só nos últimos sete dias 18 pessoas receberam a notícia de que poderiam ir para as suas casas.

“É uma alegria que não cabe no peito. Estamos vivendo em tempos difíceis, mas eu acredito e tenho fé que ainda vamos melhorar mais. Cuiabá se estruturou, ampliou as vagas de UTI, de enfermaria, reorganizou a rede de atendimento para salvar e proteger a vida das pessoas. Nossa campanha de vacinação está fluindo bem, e com a ampliação de novos polos de imunização, a tendência é só diminuir os casos de covid, não só na nossa Capital, mas no Estado inteiro”, comemorou o prefeito Emanuel Pinheiro. Ele relembrou ainda que até a data de hoje (12), mais de 145 mil pessoas já receberam a vacina na capital.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQueiroga quer vacinar até 2,4 milhões por dia
Próximo artigoSinop: Justiça suspende toque de recolher e libera bares na madrugada