Covid-19: SP passará Natal e Ano Novo na fase vermelha e só com serviços essenciais

Comércio não poderá abrir nesses dias, bem como bares, restaurantes, salões de beleza e academias

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Por causa do aumento na quantidade de casos de covid-19, o Governo de São Paulo anunciou que todo o Estado terá “medidas restritivas específicas” contra o novo coronavírus entre os dias 25 e 27 de dezembro e 1° e 3 de janeiro.

O governo decretou novamente a “fase vermelha” da pandemia que, na prática, significa o funcionamento apenas de comércios essenciais, como farmácias, padarias e mercados.

Em outras palavras, o Estado vai restringir o funcionamento de restaurantes e bares.

Nos dias delimitados pelo decreto, não poderão funcionar – além dos bares e restaurantes – salões de beleza, academias e eventos com possíveis aglomerações.

Desde o fim de novembro, o governador João Doria vem adotando políticas mais severas de isolamento social. Um dia após eleições, Doria já havia anunciado novas restrições devido ao avanço da pandemia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTJMT manda para prisão domiciliar homem acusado de matar advogado
Próximo artigoEmendar o Carnaval no Natal? MT terá 11 feriados e 6 pontos facultativos em 2021