Contas de Mauro aprovadas com ressalvas

Foram identificadas inconsistências nas despesas pagas com recursos do FEFC

(Foto: Suellen Pessetto/ O Livre)

A prestação de contas da campanha eleitoral do governador eleito Mauro Mendes (DEM) foi aprovada com ressalvas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Ministério Público Eleitoral (MPE).

Um dos itens declarados por Mauro foi questionado pelo parecer técnico do TRE. Foram identificadas inconsistências nas despesas pagas com recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), no valor total de R$ 181 mil.

O parecer determinou o recolhimento da quantia ao Tesouro Nacional de Recursos do FEFC. Com isso, o procurador regional Eleitoral Pedro Melo Pouchain Ribeiro solicitou que o próximo governador de Mato Grosso apresente justificativa.

O pedido do procurador foi aceito pela juíza do Tribunal Regional Eleitoral Vanessa Curti Gasques. A magistrada estipulou um prazo de três dias para que a justificativa seja apresentada.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMorador de rua almoça em restaurante de luxo, paga a conta e relato comove internautas
Próximo artigoCaminhoneiro de MT é preso por dar apoio a assalto de R$ 100 mi em banco no Maranhão