Conheça a história de “El Moreno”, o lutador cuiabano pupilo de Anderson Silva

Lutador que vendia trufas no semáforo em Cuiabá se torna a promessa do boxe mundial

Pupilo de Anderson Silva, Eliezer Pinho da Silva é um lutador de boxe consagrado campeão de diversos títulos no boxe, como o Panamerican champion Kickboxing, South American champion Kickboxing, Brazilian champion Kickboxing e o Champion cup Brazil Kickboxing.

Conhecido também por “El Moreno”, ele nasceu em Cuiabá e atualmente mora em Los Angeles, nos Estados Unidos.

A luta pela carreira

Eliezer Pinho da Silva, 27 anos, nasceu em Cuiabá, mas foi criado do distrito de Nossa Senhora no Guia e no Bairro da Manga, em Várzea Grande. Ele foi casado com Eva Regina e teve 2 filhos: Emanuel, sete anos, e Esther, cinco anos.

Aos 24 anos sonhou com voos mais altos para a vida profissional, tinha como objetivo treinar na academia Black House, de artes marciais mistas (MMA). Para chegar no seu objetivo, precisou arrecadar R$ 15 mil.

Sem ter o dinheiro, o lutador começou a ação “ajude um atleta”, que consistia em vender trufas no semáforo das principais avenidas da capital mato-grossense.

Para as vendas das trufas, contou com o apoio de amigos e familiares. Dentro dessa ação recebeu o seu maior incentivo e teve a sua maior lição de vida, um garoto de 10 anos,
chamado Lenylton, resolveu ajudá-lo. Como ele estudava no período vespertino, prestava
auxílio pela manhã.

Encontravam-se no ponto de ônibus para começar as vendas. Muitas vezes envergonhado, o lutador buscou motivação no pequeno garoto. Eliezer já estava desanimado quando Lenylton virou para ele e disse: “Se você é incapaz de realizar o seu sonho, volta para a casa”. Com essa lição Eliezer chegou ao seu objetivo.

“O que faz você bom é a perseverança. Talento todo mundo tem, mas tem que ter uma dedicação, isso é o que torna você bom”, disse Eliezer.

Encontro com Anderson Silva

Em 2020, Eliezer foi descoberto por Anderson Silva, que o viu treinar na academia Black House.

A manager do Anderson Silva conseguiu o contato do Eliezer e o convidou para ser o
sparring do ex campeão peso médio do UFC. Na luta, sparring é a pessoa que auxilia no preparo do lutador, muitas vezes participando das lutas, onde simula ser o adversário.

Na época, era o ápice da pandemia em Los Angeles, então todos da equipe de Anderson Silva se concentraram em uma casa e todos realizavam o teste do covid-19 antes de entrar. O objetivo era se preparar para as competições.

“Eliezer é um cara dedicado, chegou nos Estados Unidos com muitos sonhos, com bastante determinação e acredito que a cada dia que passa vai chegando mais perto das realizações dos sonhos dele. Um cara que sempre fala da família e dos filhos, o quanto ele ama os filhos dele, o quanto ele quer dar uma vida melhor para eles. É um cara que se dedica muito, que tem talento e habilidade natural invejável. Eu me sinto honrado de poder treinar com ele e ter ele como um irmão mais novo”, disse Anderson Silva em entrevista ao LIVRE.

Como em toda profissão, Eliezer precisa de auxílio para buscar por seus objetivos pessoais e profissionais. Para isso, ele conta com a ajuda de Nico, um coach mexicano que reside nos Estados Unidos. A colaboração do profissional tem feito a diferença na vida do cuiabano.

“Eliezer tem um coração muito grande, uma pegada muito dura e muito forte. Ele é muito
talentoso e amo ele. Chegou aqui nos Estados Unidos sem família, tenho ele como um filho. Ele é um boxeador muito forte, trabalhamos todos os sábado durante duas horas”, disse o coach Nico Robledo.

“Quero fazer história na luta, quero ser uma lenda como o Anderson”, disse o cuibano.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAssociação Comercial realiza palestra gratuita sobre como não pagar tributos desnecessários
Próximo artigoJovem sofre tentativa de feminicídio de ex-companheiro que a estava ameaçando