Comércio tem desempenho positivo no 1º semestre, mas turismo segura crescimento

Fecomércio-MT diz que setor já emendou três meses de altas consecutivas e há otimismo para o restante do ano

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O setor do comércio varejista em Mato Grosso avalia como bom o desempenho do primeiro semestre de 2021. As vendas têm mantido um crescimento constante nos últimos três meses, apesar de ficar abaixo da estimativa. 

O vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo em Mato Grosso (Fecomércio-MT), Manoel Procópio, diz que o movimento cresceu 3,6% em maio, na comparação com 2019. 

A estimativa dos empresários era de que o Dia das Mães impulsionasse o aumento para 5%, mas o resultado é bem melhor que a data de 2020, quando os estabelecimentos tinham voltado a abrir as portas menos de um mês antes da data. 

Um crescimento semelhante é aguardado para junho e, se as prévias forem confirmadas, o setor emendará outro mês seguido de crescimento. Em parte pelo Dia dos Namorados e em parte por um fluxo maior de consumo. 

Turismo com freio de mão 

Segundo o empresário Manoel Procópio, os números só não são melhores por causa das dificuldades do turismo, ainda muito afetado pelas restrições de biossegurança.  

Ele diz que foi o segmento mais atingido nos 15 meses de pandemia, com fechamento de hotéis, pousadas e, consequentemente, o desemprego. 

“Estamos conversando com empresários do setor para ao menos mitigar o impacto negativo da pandemia nas férias de fim de ano. E acreditamos que conforme a vacinação acelere e chegue a pessoas na faixa dos 30 anos, vamos conseguir interver parcialmente a situação”, disse. 

Segunda metade 

A estimativa para o segundo semestre será ponderada nas férias escolares de julho. A segunda parte do ano tende a ser mais movimentada do que o início, e por Cuiabá não ser uma cidade turística, os comércios tradicionalmente sentem melhora sensível nas vendas. 

“Vamos uma noção agora nas férias. As empresas estão mantendo estratégias para a contratação de novos funcionários, isso é um bom sinal. E talvez consigamos manter o otimismo para o turismo”, afirmou Procópio. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno de MT vai pagar mais pelo prédio da Santa Casa para ajudar a quitar dívidas trabalhistas
Próximo artigoMinistro do Meio Ambiente Ricardo Salles pede demissão