Casas de shows, cinemas e atividades coletivas estão suspensas em Cuiabá

A determinação consta em novo decreto municipal, assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, com medidas a serem seguidas em Cuiabá de 10 a 25 de abril

Cinema
Cinema do Estação Cuiabá (Foto: Divulgação)

Está suspenso o funcionamento de casas de shows, boates, espetáculos, cinemas, museus clubes de lazer, locação de quadras poliesportivas e realização de atividades coletivas em espaços públicos e privados. A determinação consta em novo decreto municipal nº 8.388, assinado nesta sexta-feira (09), pelo prefeito Emanuel Pinheiro, com medidas de biossegurança a serem seguidas no município de Cuiabá de 10 a 25 de abril.

O decreto pode ser prorrogado ou alterado, considerando o monitoramento da evolução da covid-19 e o nível de classificação de risco previsto no Decreto Estadual nº 874, de 25 de março de 2021.

De acordo com o artigo 16 do decreto municipal nº 8.388, a utilização dos espaços de uso comum dos condomínios residenciais, como salões de jogos, piscinas, quiosques, espaço gourmet, salões de festas e congêneres, bem como as atividades coletivas nas quadras poliesportivas e campos de futebol também estão suspensas.

A exceção fica para as academias, que devem ser objeto de regulamentação interna, sempre observando o cumprimento das medidas de biossegurança que constam no decreto.

Confira os estabelecimentos proibidos de funcionar no período de 10 a 25 de abril de 2021:

Art. 16. Fica determinada a suspensão das seguintes atividades no âmbito do Município de Cuiabá: I – casas de shows, espetáculos, boates e congêneres; II – cinemas, museus, teatros; III – locação de quadras poliesportivas, campos de futebol e congêneres; IV – os clubes de lazer em geral; V – atividades coletivas nos parques públicos municipais e demais logradouros públicos, bem como nos equipamentos públicos comunitários em geral, tais como quadras poliesportivas, miniestádios, ginásios de esportes e congêneres; VI – utilização dos seguintes espaços de uso comum dos condomínios residenciais: salões de jogos, piscinas, quiosques, espaço gourmet, salões de festas e congêneres, bem como as atividades coletivas nas quadras poliesportivas e campos de futebol;

Parágrafo único. A utilização das academias nos condomínios residenciais, deve ser objeto de regulamentação interna, com observância das medidas de biossegurança contidas no art. 10 do presente decreto.

(Da Assessoria)

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDEM “acordará” em junho
Próximo artigoMulher sofre tentativa de feminicídio e sobrevive ao segurar faca com as mãos