Capital de Mato Grosso é a primeira a receber condomínios de casas da MRV

O condomínio fechado contará com 232 casas, em terrenos individuais de a partir de 135 metros quadrados

(Imagem: Assessoria)

A MRV, empresa do Grupo MRV&CO com mais de 14 anos de atuação no mercado mato-grossense, anunciou nesta quinta-feira (23) o lançamento de seu primeiro condomínio fechado de casas em Cuiabá, o Vale do Ouro.

O empreendimento marca mais uma etapa de expansão da empresa no Estado, com a apresentação de uma nova linha focada em um público que está em busca de mais conforto, comodidade e espaço.

“A ideia do Grupo MRV&CO é oferecer as melhores opções de moradia que se adaptem
ao momento de vida e necessidades de seus clientes. Com a linha Class, a MRV pretende atender aquele consumidor que já se estabilizou financeiramente e está em uma nova fase de vida”, afirma Jeferson Benitez, diretor comercial da MRV no Centro-Oeste e Norte do país.

Em Cuiabá e Várzea Grande, já foram entregues mais de 10 mil apartamentos nos 41 empreendimentos construídos pela MRV, que está em 162 municípios do Brasil. Segundo Benitez, um a cada 26 cuiabanos e várzea-grandenses reside em um MRV.

“O cliente compra sabendo que a gente vai entregar o imóvel dele”, disse Kenya Simone, gerente de marketing da regional de Mato Grosso.

Diferenciais do condomínio fechado de casas

A região escolhida para o Residencial Vale do Ouro é o Coxipó, no eixo da Avenida das
Torres, próximo ao trevo que dá acesso ao Bairro Tijucal.

O condomínio fechado contará com 232 casas, em terrenos individuais de a partir de 135 metros quadrados.

As unidades têm o padrão de 58 metros quadrados, com dois quartos, sendo uma suíte,
e quintal. Internamente, as casas serão entregues com porcelanato e acabamento em
gesso no teto. Já na área externa, terá espaço para duas vagas de garagem.

As obras se iniciam já no segundo semestre de 2022 e a previsão de entrega do empreendimento é de 24 meses.

Nas áreas comuns, muita diversão e lazer garantidos com piscina, academia, pet place,
quadra de basquete e espaços de contemplação para quem aprecia uma caminhada ao
ar livre.

“O projeto do Vale do Ouro, nestes moldes e acabamentos, é o primeiro a ser desenvolvido no país pela MRV. A escolha por Cuiabá para apresentar este produto se deve ao potencial do mercado local – com grande procura para investimento e clientes com boa capacidade de compra. Será um residencial diferenciado, que tem a personalidade do cuiabano: de quem gosta de morar bem, com conforto para reunir a família e amigos. Será, de fato, um lugar para chamar de lar. Muito acolhedor e ao mesmo tempo prático, com serviços acessíveis ao dia a dia da vida urbana”, ressalta Benitez.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMoro afirma que não se arrepende de ter sido ministro do governo Bolsonaro
Próximo artigoCesta básica em Cuiabá volta a custar pouco menos de R$ 700, segundo IPF-MT