Campanha de vacinação contra a influenza é antecipada e começa nesta segunda

Antecipação tem como objetivo ajudar no diagnóstico de possíveis casos de coronavírus

Imagem Ilustrativa (Foto: Erasmo Salomao/Ministério da Saúde)

A campanha nacional de vacinação contra gripe em Cuiabá terá início na próxima segunda-feira (23). A vacinação normalmente é realizada no mês de abril. Esse ano, porém, o governo federal resolveu antecipar como estratégia para diminuir a quantidade de pessoas gripadas.

A ideia é ajudar no diagnóstico de possíveis casos de coronavírus.

Segundo a prefeitura, os profissionais das unidades de saúde que receberão doses foram treinados para evitar aglomerações durante o período de vacinação.

LEIA TAMBÉM

Em todo Brasil, foram disponibilizadas 75 milhões de doses e o objetivo é atingir 90% de cada um dos grupos prioritários.

A vacina previne contra três tipos de influenza: influenza A H1N1, influenza A H3N2 e Influenza B.

A campanha de vacinação deve seguir até 22 de maio.

Vacinação em fases

A campanha será realizada em três fases, sendo a primeira de 23/03 a 16/04.
Idosos (60 anos e mais), profissionais da Saúde pública e privada serão o público-alvo.

Na segunda etapa, de 16/04 a 09/05, poderão se vacinar professores de escolas publicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, crianças de seis meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas (mulheres de até 45 dias após o parto) e povos indígenas.

A última fase vai de 9 a 22/05, quando serão atendidos adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCoronavírus: prefeitura de VG decreta tolerância zero para aglomerações
Próximo artigoEstuprada pelo padrasto, adolescente diz à mãe que a orienta a não contar a ninguém