Cachorro com nome e sobrenome: cartório emite certidão canina

Cada vez mais integrados às famílias, os "filhos de quatro patas" agora poderão ser registrados com sobrenome do dono

Pais e mães mato-grossenses devem se empolgar com a possibilidade de registrar "filhos de quatro patas"

Muita gente conta as horas para chegar em casa, abrir a porta e ser recepcionada com festa por seu cãozinho. Cada vez mais integrados à família, os “filhos de quatro patas” movimentam muitos negócios, mas o que vem agora vai mexer de maneira especial, com a emoção dos donos de pet.

Uma startup paulista abriu um cartório canino que vai ampliar a magia do momento da escolha do nome, pois ele poderá receber também o sobrenome de seu tutor. E ainda que o cartório esteja localizado na cidade de São Paulo, o registro pode ser realizado em qualquer lugar do país por meio da plataforma digital.

Um dos envolvidos com o projeto é o publicitário Léo Stefan, que atuou no mercado mato-grossense e paranaense por quase 20 anos. Dividindo o tempo entre Cuiabá e São Paulo, ele está animado com os primeiros resultados: em pouco mais de um mês a equipe já recebeu mais de 500 pedidos de registros vindos de todo o Brasil.

Em busca de parcerias em Cuiabá

Léo Stefan
Léo Stéfan busca parcerias em Cuiabá

“Mas queremos ampliar esse número com a popularização da certidão e do Cartório Canino. É muito importante que as pessoas que sonham em registrar seus cães saibam que agora há uma plataforma personalizada para o registro canino”.

“Independente de raça, cor, idade, sexo ou região, queremos dar identidade, nome e sobrenome aos cães brasileiros”, reforça.

Ele conta que em fevereiro as ações de divulgação vão ser focadas em pets shops de São Paulo, mas eles já buscam parceiros na capital mato-grossense.

“Estamos abertos para desenvolver ações em conjunto. Aliás, queremos representantes cartorários em cada região do país”, anuncia.

Hoje, Léo atua como diretor de Operações da L2 Inova, que desenvolveu o serviço. “Estou neste projeto em São Paulo há 1 ano, e a L2 é uma empresa focada no desenvolvimento de projetos inovadores, aplicando o big data e as novas tecnologias a fim de desenvolver soluções para o mercado”.

A Certidão Canina é um documento oficial do Cartório Canino, produzida em papel moeda antifraude, com selo holográfico e marca d’água visível a luz negra. Independente do animal ser de raça e ter pedigree, todos os cães poderão receber a Certidão Canina oficial do Cartório Canino, com os dados de seu tutor.

A vez dos vira-latas

Léo conta que a ideia do Cartório Canino partiu de alguns insights. Além de serem incorporados à família, a equipe percebeu também, a demanda de se criar um banco de dados e mapeamento de cães no Brasil.

Segundo o empreendedor, não há marco regulatório para registros de pets. Logo, o objetivo é impulsionar um movimento democrático a fim de dar identidade aos cães de todo o Brasil.

“Hoje, somente cães de raça pura tem acesso a um documento, o Pedigree, que nada mais é do que o histórico genético desses cães. Mas e os cães sem raça, os chamados vira-latas? Por que eles não podem ter uma certidão oficial? É então que surge o Cartório Canino”.

E claro, seus dois cães também vão ganhar certidão: “Eles serão Chefe Lima Stefan
Hera Lima Stefan”, se diverte.

Como solicitar o registro

O tutor deve acessar o site www.cartoriocanino.com.br e clicar no botão “Registre agora”. Depois é necessário preencher os dados do tutor do animal e efetuar o pagamento. O valor do registro é de R$ 79,90 e pode ser pago em 3 x no cartão. Sem custos adicionais de envio.

Após a confirmação do pagamento, a Certidão Canina será produzida e enviada em até 20 dias úteis, via Correios, para o endereço indicado pelo tutor.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEdital para o Júlio Müller
Próximo artigoLista LIVRE: 5 grandes filmes que trazem o Carnaval em seu enredo