Bairros tradicionais e com mais servidores públicos garantiram vitória a Emanuel

Prefeito foi reeleito com vantagem em três das quatro zonas eleitorais de Cuiabá

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Emanuel Pinheiro (MDB) foi reeleito prefeito de Cuiabá com vitória em três das quatro zonas eleitorais da Capital. A diferença máxima foi de 4,4% dos votos para o candidato derrotado, Abílio Júnior (Podemos). Dados da Justiça Eleitoral revelam que a vitória foi selada por eleitores de bairros tradicionais e com alta população de servidores públicos. 

Pinheiro conseguiu vitória menos acirrada em duas zonas eleitorais. A primeira ocorreu na 399, onde estão eleitores de bairros como Pedregal, Bandeirantes e Areão. Conforme dados Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesses locais ele recebeu 35.595 votos válidos (52,47%) e Abílio recebeu 32.355 (47,62%). 

Na 51ª zona eleitoral, composta por bairros como Canjica, CPA (bairro com alta população de servidores públicos) e Bela Vista, a vitória foi a segunda menos apertada. Emanuel Pinheiro recebeu, no total, 37.926 votos (52,21%) e Abílio 34.717 (47,79%). 

Em contra partida, disputa já foi voto a voto na 55º zona eleitoral correspondente aos eleitores do Grande Coxipó – Parque Cuiabá, Santa Laura e Tijucal. Emanuel obteve vantagem de apenas 0,18 ponto percentual, o que lhe rendeu 229 votos a mais que Abílio. Ele somou 33.276 votos (50,18%) e Abílio 33.037 (49,82%). 

A única vitória de Abílio Júnior ocorreu na 1ª zona eleitoral, onde votam eleitores do Centro de Cuiabá. É também o menor colégio na Capital. E ainda assim, Abílio só superou Emanuel por uma diferença de 1,02 ponto percentual. Ele recebeu 29.668 votos válidos (50,51%) e Emanuel 29.074 (49,49%).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÍndice de abstenção passa dos 29%; o maior desde 1996
Próximo artigoSujou tem que limpar