Avó denuncia que sua filha está negociando a venda de seu neto

Imagem ilustrativa (Foto: Pixabay)

Uma mulher de 38 anos denunciou a própria filha, de 20 anos, afirmando que a jovem a ameaçou de morte e estaria negociando a venda do filho dela, de apenas três meses.

Segundo relato da avó, ela está temporariamente com a guarda do neto, pois a filha dela é usuária de drogas e, inclusive, quando ela pegou o bebê, ele estava mal cuidado e com as vacinas vencidas.

Nessa segunda-feira (3), a mãe do bebê foi até a casa da mãe dela, no Bairro Costa Verde, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), e quis tomar o filho à força.

Diante da negativa da avó de entregar o menino, ela passou a ameaçar a própria mãe, dizendo que era membro de uma facção criminosa e iria mandar membros da facção matarem a vítima.

A avó procurou a polícia, denunciou a ameaça e disse, ainda, que soube por terceiros que sua filha estaria negociando a venda de seu neto.

Os policiais foram até a casa da vítima, onde ainda encontraram a suspeita, a prenderam e encaminharam para a Central de Flagrantes de Várzea Grande.

Como há um bebê envolvido, o Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o caso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPF deflagra operação contra o tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro
Próximo artigoIntegração de modais de transporte: a redenção do etanol